9.03.2007

morto por ir trabalhar... ou não!

O compadre Furriel voltou hoje ao trabalho depois de um período sem-fim de reforma. Parece que houve um engano nas finanças e afinal vai ter de cumprir mais uns tempos de descontos para depois ter direito à sua merecida reforma, digna de duas caixas de Brometo de N-Butilescopolamina; uma carteira de Buscopan; três caixinhas de Amoxil.Ped-150ml Stiefel; duas de Cardalin Sintofarma; 8 caixas de ampolas Ciprofloxacino.
As embalagens de Medroxiprogesterona; de Cromolerg. Allergan Frum.; de Medroxiprogesterona e de Fluconazol, ficarão para o Natal, com o dinheiro que vai receber dos filhos e das noras.


Bom trabalho compadre, ontrodia volto a escrever mais.

Um comentário:

JM disse...

Isto não tem continuidade? Prossigam lá com isto...